Vitae aeterna, nossa esperança

Nas últimas semanas muito tem se falado sobre o fim dos tempos. Com as luas de sangue e a festa dos tabernáculos em Israel muitas pessoas relacionaram os eventos com a volta de Cristo, usando principalmente o texto de Joel 2:31 (“O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor”). Não vou entrar no mérito dessas “teorias” porque não é meu objetivo aqui, mas toda essa hype (to muito moderno) em cima desses acontecimentos me levaram a uma reflexão.

Onde está o foco de minha vida? Na vida eterna ou na vida terrena? Quando eu comecei a ver meu facebook cheio de profetas falando dos fins dos tempos eu comecei a reparar que minha cabeça estava totalmente centrada e concentrada nas coisas deste mundo, o que é um grande problema. Sabe aquela parábola das dez virgens de Mateus 25:1-13? Eu percebi que estava na mesma situação daquelas que não estavam esperando o noivo e foram pegas de surpresa.

E coincidentemente (ou não) eu fui ler depois o texto de João 6 em que Jesus nos diz: “Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna”. Um pouco depois no mesmo capítulo é dito: “Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede.”. E esse é o ponto. Nossa vida, trabalho, mente devem estar voltadas para a vida eterna, porque é só lá que teremos vida plena, dessa forma, quando nossa busca é por Cristo, não teremos mais fome e sede porque estamos confortáveis sabendo que além Dele cuidar de nós nesse mundo, em breve estaremos com Ele em nossa cidade celestial. E é lá a minha casa. E é por lá que devo trabalhar. E é lá onde minha mente e meu coração estarão totalmente saciados.

Abrindo um parêntese, é até engraçado como algumas igrejas prometem mil coisas nesse mundo como se fosse esse o motivo do evangelho, não que Deus não possa nos abençoar em nossas vidas terrenas e com certeza um dos propósitos da morte de Cristo foi restaurar nossa vida em vários sentidos. Mas o grande presente, a maior dádiva de todas foi e é o perdão de nossos pecados e a oportunidade de podermos de desfrutar a vida eterna, glorificados, ao lado de Jesus. Esse é o pensamento que nos humilha, saber que mesmo você sendo o que é, um sujo pecador, Cristo morreu em seu lugar para que você possa passar a eternidade com Ele. (Jo 3:16, Tt 1:2, 1 Jo 5:11, Jo 6:68, Mt 7:13-14)

Outro ponto interessante de se destacar é o texto de Colossenses 3. Não vou colocar o texto aqui para não ficar muito grande, mas recomendo a leitura fortemente :). Paulo começa dizendo que como estamos ressuscitados com Cristo, devemos buscar as coisas de cima. Por quê? Porque estamos mortos para esta vida e vivos para Deus. E é com esse pensamento no eterno que conseguiremos nos despojar de nossa carne e pecado para buscar uma vida de santidade. É muito mais fácil conseguir escapar das tentações quando colocamos nossa mente na eternidade e a afastamos do carpe diem, como se o foco de nossa vida fosse “aproveitar o agora de maneira inconsequente”.

Não quero ser ignorante ao ponto de pensar que como minha esperança está na vida futura eu tenha que largar tudo aqui, esse foi um erro que a igreja de Tessalônica cometeu. Mas o meu coração deve estar voltado para o grande evento, a volta de Cristo, nosso Mestre. O dia sublime, como diz Leonardo Gonçalves. “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo” Filipenses 3:20

E para terminar devo citar uma frase de um dos caras que mais me inspiram e que me mostram como pessoas conseguem refletir a criatividade e beleza de Deus, que é o maior artista de todos.

“Foi quando os cristãos deixaram de pensar no outro mundo que se tornaram tão incompetentes nesse aqui. Se você aspirar ao céu ganhará a terra “de lambuja”. Se aspirar a terra, perderá ambos” C. S. Lewis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s