Cristão passa por fases difíceis?

É bem comum os cristãos questionarem a Deus ou não entenderem o que acontece quando passam por provações, tribulações, momentos de dificuldades, etc. Parece que existe uma falsa ideia proferida no meio evangélico de que depois que a pessoa se converte vai ser tudo festa, tudo vai acontecer conforme queremos e que momentos de dificuldades são para os pagãos. Mas será que é isso que a Bíblia nos diz?

Parece que o autor de Hebreus mata essa charada no capítulo 12 do livro. Segue um trecho: “E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade. E, na verdade, toda a correção, ao presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas depois produz um fruto pacífico de justiça nos exercitados por ela.” Creio que o texto é tão claro e profundo que eu nem precisaria continua escrevendo :P. A ideia é simples, as tribulações nos moldam para crescermos (1 Pe 1:6-7) em busca de santidade e gerarmos frutos futuros. Sendo assim passar por dificuldades tem que ser motivo de alegria para nós, e não de tristeza, pois o fato de estarmos sofrendo disciplina com situações que muitas vezes não entendemos o motivo, é um ato de amor de nosso Pai.

Claro que é difícil compreender quando estamos vivendo estes momentos, já dizia Lewis (monstro): “É impossível ver de maneira adequada quando seus olhos estão embaçados de lágrimas”. Mas depois quando enxugamos essas lágrimas e voltamos a enxergar de maneira limpa podemos olhar para trás e entender a situação, ver o que aprendemos, o quanto crescemos. A tribulação produz perseverança (Tg 1:2-4), paciência, experiência e esperança (Rm 5:4)

Portanto irmãos se alegrem e se gloriem quando passarem por momento difíceis (Rm 5:3), lembrando-se que nada foge do alcance de Deus (Lc 12:7), que Cristo está conosco até o fim dos séculos (Mt 28:20) e que nada pode nos separar do amor de Deus (Rm 8:38-39). E que seja motivo de jubilo passar por tribulações e dificuldades, porque estamos sendo moldados por Deus, como um pai que molda o filho que ama.  E que grande honra é ser disciplinado por Deus, sabendo que o Pai se cuida de você em todos os aspectos.

Então parça, se você é cristão vai passar por dificuldades e tribulações sim. Mas não se esqueça: Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus. (Rm 8:28) 🙂

Soli Deo Gloria!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s