Suicídio: resultado do pecado, salvação por Cristo

O começo de Romanos fala sobre como o homem está entregue às paixões deste mundo e, portanto, afastado de Deus.
O pecado em nossos corações faz com que nos afastemos de Deus, das pessoas e até de nós mesmos. Acabamos tendo uma vida que não fomos criados para ter.

Essa diferença entre quem deveríamos ser x quem realmente somos que traz
frustração aos nossos corações, gera um conflito em nosso interior. Gera também o vazio da infinita falta da presença de Deus que ficou em nosso ser.  

Além disso, as pessoas, pecadoras como são, fazem com que seus iguais sejam oprimidos,
excluídos, insultados. Todas essas coisas trazem desespero, dor, tristeza à vida. E, de maneira trágica, a existência pode perder o sentido.

Ultimamente temos ouvido muito falar sobre suicídio, que talvez seja o extremo dessa situação. Pessoas diferentes, por motivos diferentes, vem tentando tirar a própria vida, o presente de Deus. Pessoas que são imagem e semelhança do Senhor não se reconhecem como tal e deixam de desejar a dadiva de viver. 

Essa situação é desesperadora no mundo. Existem problemas psicológicos, existem
problemas sociais, existem problemas emocionais. Mas existe um problema que é maior do que esses que é transcendental. 

E por ser maior, esse problema pode influenciar todos os outros, ou trazer esperança para todos os outros. 

O próprio livro de Romanos mostra que homem nenhum pode se recuperar desse problema sozinho, esse afastamento de Deus não pode ser curado por esforço algum do homem. Não adiantar obedecer regras, ir à igreja ou fazer parte de um grupo.

Essa recuperação do homem, de maneira integral, que pode restabelecer alguém em seu relacionamento social, com Deus e consigo mesmo só tem uma solução: Jesus. 

Cristo é o único por meio do qual uma pessoa pode ser salva, incluindo ser salva profundamente de si mesmo, de seus pensamentos, de suas tristezas, de seu desespero.

Portanto se você conhece alguém que pensa em suicídio, conhece alguém que está agindo
nessa direção, não se esqueça de recorrer ao único que pode completar nosso coração com
rios de água viva. Aquele que pode chegar à alguém morto interiormente e dizer: volte à vida!

Procure psicólogos sim, fale com pessoas próximas. Mas não se esqueça de buscar ajuda daquele que entregou a própria vida, para que você pudesse viver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s