O Deus que se revela

Deus possui incontáveis atributos e alguns deles são descritos na Bíblia, estes atributos nos mostram o caráter de Deus, quem Deus é e como Ele se relaciona com o homem. Hoje, gostaria de tratar do atributo referente a revelação que Deus faz para a humanidade, ou seja, o próprio Deus se manifesta vivo e conhecido dentre os homens a partir de diversas maneiras e meios para que seu nome seja conhecido dentre todos.
O primeiro texto que quero abordar com relação a essa ideia se encontra no primeiro capítulo de Romanos, o versículo 20, no qual o apóstolo Paulo diz ser inescusável a alegação de alguém desconhecer a Deus, uma vez que sua glória e poder estão manifestadas na criação, por isso, ao contemplarmos os animais, vegetação, os mares, estamos diante daquilo que foi criado, feito pelo Pai, e quando estamos diante disso, devemos reconhecer que alguém o fez, que tudo isso foi pensado para que estivesse ali, em seu lugar. O homem portanto, não pode dizer a Deus que não o conheceu, uma vez que a criação foi manifesta a todos sem exceção, esta é a primeira forma que Deus se revela: através da criação.
Se no novo testamento entendemos que o Espírito Santo habita em nós, e Deus passa a relacionar conosco a partir dele, no antigo testamento, antes da vinda de Jesus, Deus se relacionava de maneira direta com alguns, como Abraão, Isaque, Moisés, Isaías, e todos os profetas que conhecemos. Portanto quanto a relação direta de Deus com o homem, antes de Cristo podemos dizer que Deus se revelava com alguns escolhidos seus, para que estes mostrassem ao povo de Israel a vontade de Deus neles, quer seja comportamental, perdão de pecados, entre outras coisas. Esta maneira de Deus se revelar conosco depois de Cristo foi alterada, com o Espírito Santo habitando em todos aqueles que são salvos por Deus, tendo assim um relacionamento íntimo com o Senhor e através das escrituras Ele mostrasse sua vontade em nós.
Sabemos que a graça de Deus já é favor imerecido, mas ao vermos essa questão de Deus se revelar em nós, percebemos outro favor imerecido Dele que é a revelação de sua pessoa para nós. Tendo o conhecimento de Deus, podemos viver em comunhão com Ele e com o que a Ele pertence, e mesmo não precisando fazer isso por nós, Ele faz para nós.

“As coisas encobertas pertencem ao Senhor, o nosso Deus, mas as reveladas pertencem a nós e aos nossos filhos para sempre, para que sigamos todas as palavras desta lei.”
Deuteronômio 29:29

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s