Bandido bom é bandido morto? Uma cosmovisão cristã sobre o assunto

em

É muito comum vermos pessoas ao assistirem calamidades como estupros e assassinatos a sangue frio dizerem “Bandido bom é bandido morto!”, revoltadas ao verem tamanha perversidade que uma pessoa tem ao chegar a tal ponto. É compreensível entender que nós, por sermos seres morais, sermos avessos a coisas más e injustas, porém é correto pensarmos que a solução para um male cometido por alguém é a morte? Minha reflexão neste texto será somente do ponto de vista cristão, não entrarei no mérito de discutir a efetividade da pena de morte para solução de conflitos.

Creio que o primeiro ponto que devemos analisar ao responder isso é: Jesus foi favorável a condenação de morte por alguém que havia cometido algo errado? Bom, a Bíblia nos mostra que não, alguns trechos em que Jesus foi deparado com pessoas que estavam fazendo coisas erradas, a resposta Dele era basicamente a mesma; “Arrependa-se e não peque mais”, ou seja, Cristo parecia ter uma resposta do tipo “Você errou, reconheça isso e não torne a fazê-lo mais”, sendo, portanto uma resposta não de condenação, mas repreensão.

Embora a Bíblia nos ensine a sermos fiéis ao cumprimento das leis (Rm 13:1), no Brasil, sabemos que a pena de morte não é permitida pela Constituição Federal, sendo portanto ilegal penalizar o ato de alguém através da morte, o que seria outro ponto a sermos contra torcermos que alguém seja morto por cometer um ato errado – ser ilegal.

Agora vamos pensar de uma perspectiva de quem também merecia pena de morte – nós mesmos. Isso mesmo, nós mesmos! Lembre-se que em Efésios 2:5, somos considerados mortos por Deus, pois vivíamos contra a Lei Dele, éramos culpados, e merecedores da ira do Pai sobre nós. Diante disso a resposta de Deus foi “Pecador bom é pecador morto?”, de jeito algum! Deus em sua maravilhosa bondade ao invés de nos condenar (que seria o justo), nos amou e justificou através de seu Filho, nos tornando irrepreensíveis diante Dele!

Por fim, lembremos sempre da ordenança de Jesus para nós: Ide ao mundo e pregai o evangelho. Isso significa mostrar ao mundo a salvação que está em Cristo, e que pode mudar vidas. Pessoas por si só não mudam seu caráter, suas atitudes e convicções, o único que tem esse poder é Jesus, e por isso que temos de prosseguir falando Dele para as nações, pois uma nação com Jesus é bem aventurada (Sl 33:12), porém uma nação sem Deus é perdida(Is 60:12).

A resposta então ao título é Não, sob uma cosmovisão cristã, bandido bom não é bandido morto, pois; (1) Jesus ensinava a amar e corrigir pessoas, não condená-las, (2) A respeito do Brasil é um ato ilegal matar alguém como pena, (3) Assim como alguém que comete um delito, nós merecemos a morte por nossos pecados e transgressões, mas Deus nos libertou através de Cristo Jesus. Além do exposto, lembremos que Jesus nos ensinou a amar a todos, sem exceção, o próprio Cristo quando estava crucificado, ficou ao lado de um ladrão, no qual recebeu a maravilhosa notícia que logo estaria junto a Ele nos céus, pois Deus o havia amado e perdoado, sendo assim devemos fazer o mesmo, amar as pessoas, quer sejam assassinas, pedófilas, pois o julgamento pertence somente aquele que a todos criou e tem autoridade para isso, o nosso Deus.

Obs.: A opinião apresentada foi pensada pelo autor, isso não significa que exclui outras linhas de pensamento. Aos que se interessarem, existem linhas que defendem a ideia da condenação de morte por pessoas que cometem ilegalidades dentro de uma cosmovisão cristã.

Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
Eu, porém, vos digo que não resistais ao mau; mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
E, ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa;
E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.
Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.
Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo, e odiarás o teu inimigo.
Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam, e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem; para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus;
Porque faz que o seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
Pois, se amardes os que vos amam, que galardão tereis? Não fazem os publicanos também o mesmo?
E, se saudardes unicamente os vossos irmãos, que fazeis de mais? Não fazem os publicanos também assim?
Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.

Mateus 5:38-48

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s